Fortuna, condição humana e concepção moral no ensaio “Da glória” de Montaigne Show all records where Título is equal to Fortuna, condição humana e concepção moral no ensaio “Da glória” de Montaigne
Mateus Masiero Show all records where Autor is equal to Mateus Masiero
UNICAMP Show all records where Instituição is equal to UNICAMP

A presente comunicação tem por objetivo discutir um aspecto que nos parece essencial ao capítulo “Da glória” (II, 16) dos Ensaios de Montaigne, a saber: a relação entre a ideia de fortuna e suas consequências no plano da ação humana. Ao refletir acerca da ambição de alguns indivíduos em adquirir um renome glorioso, Montaigne pondera que, dada a inépcia natural dos seres humanos, tal ambição não passa de vaidade e presunção. Desse modo, o capítulo em questão trata mais da crítica àqueles que buscam a glória, do que da glória ela mesma. Tal crítica é centrada em dois fatores principais: a constatação da precariedade da condição humana e a supremacia da fortuna sobre os expedientes humanos. Aqueles que buscam a glória o fazem porque ignoram esses dois fatores, de modo que tal busca, para Montaigne, consiste em uma postura equivocada, fruto de uma espécie de erro de discernimento por parte daqueles que intentam empreendê-la. No entanto, o filósofo não se limita a criticar tal postura; ao contrário, a denúncia desse comportamento equivocado é o ponto de partida para que ele formule uma norma de conduta a ser seguida, a qual visa justamente lidar com as adversidades causadas tanto pela inépcia humana quanto pela interferência da fortuna. Nesse sentido, pretendemos mostrar que os temas da fortuna e da condição humana estão intimamente atrelados à discussão sobre a glória feita no ensaio em questão, bem como fornecem o ensejo para que Montaigne formule uma concepção moral que perpassa todo o ensaio.

Ética e política na filosofia do renascimento Buscar Grupo igual a Ética e política na filosofia do renascimento
Dia 25 |Quinta | Sala 203 |11:15-11:45
CTI
25/10/2018
FaLang translation system by Faboba