A analítica do poder em Michel Foucault e sua contribuição para o discurso descolonizador Show all records where Título is equal to A analítica do poder em Michel Foucault e sua contribuição para o discurso descolonizador
Adriano Negris Show all records where Autor is equal to Adriano Negris
UERJ Show all records where Instituição is equal to UERJ

O presente trabalho tem como objetivo, primeiramente, demonstrar que a analítica do poder em Foucault opera em diversas dimensões, contrariando, assim, a tese comum de que ela se resumiria exclusivamente a uma microfísica do poder. Dessa maneira, Foucault expõe o poder em um nível micro, composto por dispositivos disciplinares, que formam uma anatomo-política voltada para produção de subjetividade. O poder também possui um nível meso que se consubstancia na governamentalidade do estado moderno e pelo controle da população através de uma biopolítica. Por último, temos uma dimensão macro, que poderia ser descrita como uma forma de estrutura global de poder (formada pelo conjunto de dispositivos supraestatais de segurança que favorecem e garantem a competição entre os estados pelos recursos naturais e humanos do planeta). Não obstante essas dimensões estarem conectadas em rede, cada qual preserva sua conjuntura histórica e suas condições particulares de emergência. Assim, a analítica foucaultiana volta-se contra os efeitos hierarquizantes do poder, uma vez que a dimensão macro do poder não determina ou condiciona as demais instâncias. É somente em algum ponto dessa cadeia relacional que os níveis de poder se tocam e se apresentam de forma unidirecional, sem que isso signifique a subsunção dos distintos níveis à estrutura “macrofísica” do poder. Nesse sentido, a integração de elementos disfuncionais ou periféricos ao sistema global jamais é completa, de modo que o controle exercido pelo nível macro sobre os níveis locais nunca é absoluto e só pode ser exercido por meio de uma violência política, social e até mesmo epistêmica. Ao considerar a descrição desse panorama, gostaríamos de mostrar, como último ponto deste trabalho, em que sentido essa concepção poliédrica de poder permite trazer à tona determinados discursos que se mantiveram reprimidos no curso da história. Com essa manobra temos a finalidade de apresentar, em linhas gerais, o que vem sendo denominado de pensamento descolonizador, um tipo de discurso histórico-filosófico capaz de fazer oposição e lutar contra os efeitos coercitivos de uma história universal, de caráter dominante e eurocentrista.

Filosofia contemporânea de expressão francesa Buscar Grupo igual a Filosofia contemporânea de expressão francesa
Dia 23 | Terça | sala 2 |13:20-13:40
Hotel Bristol
23/10/2018
FaLang translation system by Faboba