Verhaltenheit: manifestação do "outro início" em Heidegger Show all records where Título is equal to Verhaltenheit: manifestação do
Ibraim Vitor de Oliveira Show all records where Autor is equal to Ibraim Vitor de Oliveira
FAJE Show all records where Instituição is equal to FAJE

Pode-se dizer que o “outro início” anunciado por Heidegger, em especial nos beiträge, se efetiva a partir da grande decisão do homem em lançar-se nos constantes recomeços, nos intermináveis outros inícios, no ab-grund. Tal decisão se dá aos moldes de um salto do homem no da (aí) do da-sein que propriamente deixa-ser o ente. Para a realização de semelhante salto, exige-se um humor básico, um estado de ânimo fundamental (grundstimmung) capaz de suportar a vertigem provocada pela oscilação dos constantes recomeços: o “outro início” se dá na vertigem da oscilação do recomeçar sempre de novo, desviando-se assim da segurança que pretensamente trariam os cálculos deterministas da ratio. Em vom wesen der wahrheit, de 1930, Heidegger já começa a revelar certa predileção pelo estado de ânimo da verhaltenheit (moderação, retenção, restrição). Tal predileção se evidencia melhor nos beiträge como estado de ânimo fundamental da relação com o ser e que acaba por estabelecer uma característica marca nos trabalhos posteriores de Heidegger. A verhaltenheit é concebida como “o estilo da humanidade futura fundada no da-sein” e se realiza na paciente tarefa de formular perguntas, de questionar diante daquilo que merece ser perguntado, num constante enfrentamento diante do inarredável esconder-se do ser. A presente comunicação pretende debruçar-se sobre esse estado de ânimo, sobre esse humor e, mais do que uma análise da palavra enquanto tal, averiguar o motivo de tal escolha e suas consequências no modo de pensar de Heidegger. De imediato, pode-se afirmar que a verhaltenheit está intimamente vinculada ao evento apropriação (er-eignung); ela é tida como a disponibilidade mais adequada, mais forte e mais doce do dasein na er-eignis, na vertiginosa oscilação da ereignis. Intenta-se ainda verificar o motivo pelo qual um estado de ânimo como a verhaltenheit poderá se identificar com o humor próprio da “humanidade futura” – a humanidade do “outro início” – e como ela se manteria na vertigem daquela outra “humanidade”. Será realmente possível, mediante a verhaltenheit, traçar distinções mais precisas entre o “primeiro início”, com suas mais recentes formas de maquinação (a técnica), e a emergência libertária do “outro início”, da “humanidade futura”?

Heidegger Buscar Grupo igual a Heidegger
Dia 24 | Quarta | Sala 7|14:30-15:30
IC 3
24/10/2018
FaLang translation system by Faboba