Nota do Departamento de Filosofia da Universidade Federal Fluminense (GFL/UFF)

Os professores abaixo assinados, docentes do Departamento de Filosofia da Universidade Federal Fluminense (GFL/UFF), vêm manifestar sua preocupação com segmentos fundamentalistas de caráter reacionário que pretendem impor sua agenda antirrepublicana e autoritária nas dependências desta instituição, ameaçando o caráter democrático e plural de nossa universidade a fim de instrumentalizá-la para projetos político-partidários que visam, justamente, o desmonte das instituições de ensino público em nosso país. O incidente ocorrido na sexta-feira do dia 27 de abril, nas dependências do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia (ICHF) da Universidade Federal Fluminense, que contou com a presença de um grupo armado que de maneira premeditada investiu contra estudantes, professores e servidores, é a demonstração explícita da violência das pregações ideológicas autoritárias e de sua crescente motivação em promover ataques diretos às conquistas democráticas das universidades públicas brasileiras. Em nome dos princípios básicos da convivência republicana e do respeito à diversidade de opiniões, de crença religiosa e de expressões étnicas e de gênero, repudiamos o ataque sofrido por esta instituição na ocasião mencionada e nos solidarizamos com a direção do ICHF e com os estudantes, professores e técnicos que foram vítimas da sanha autoritária daqueles que pretendem sequestrar o espaço público em nome do discurso de ódio e da intolerância.

Alexandre da Silva Costa
Alice Bitencourt Haddad
André Constantino Yazbek
Carlos Diógenes Tourinho
Celso Martins Azar Filho
Claudio Oliveira da Silva
Diogo de França Gurgel
José Maria Arruda
Luis Felipe Bellintani Ribeiro
Luis Antônio Cunha Ribeiro
Marcus Reis Pinheiro
Mariana de Toledo Barbosa
Patrick E. C. Pessoa
Tereza Cristina B. Calomeni
Vladimir Vieira

Tags: NOTAS

FaLang translation system by Faboba