Coordenações da graduação e pós-graduação em Filosofia da Universidade Estadual do Vale do Acaraú se manifestam contra fala do Ministro da Educação

Na última segunda-feira (8/4) o jornalista Josias de Souza divulgou em seu blog no portal UOL uma fala do Ministro da Educação recém-empossado, Abraham Weintraub, em que diz que as universidades nordestinas não deveriam ensinar filosofia, mas priorizar o ensino de agronomia. Ao que tudo indica, a fala do ministro é de setembro do ano passado, mas ganhou repercussão agora em razão da posição que ora ocupa, numa Pasta central para o país. Nem por isso deixa de ser, ao mesmo tempo, revoltante e compreensível. Revoltante porque apresenta uma visão extremamente rasteira – para não dizer obtusa – do que significa educação, porque negligencia que a formação técnica não se faz nem anula a formação para a cidadania e para a criticidade, antes a supõe; compreensível porque vem de uma proposta de governo que demonstra falta de projeto e preparo a cada passo.


Atualmente o Curso de Filosofia da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA conta com 389 estudantes, nas modalidades de Bacharelado e Licenciatura. A maioria de nossos egressos está ou em qualificação em nível de Pós-Graduação pelo país, no mercado de trabalho nas instituições de ensino da educação básica em cidades adjacentes – pelo menos 54 municípios – e na sede da UVA, em Sobral–CE, ou na docência em IES em outras regiões. A UVA é a única instituição de ensino superior na região norte do Estado do Ceará, especificamente ao longo do Vale do Acaraú, no semiárido nordestino, que forma os profissionais da área de Filosofia, os quais atendem a demanda do ensino nas redes pública e particular.

Para mais, recentemente aprovamos junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES a abertura do Curso de Mestrado Acadêmico em Filosofia, que deve iniciar seu primeiro processo seletivo proximamente, para início das atividades letivas em agosto. Trata-se do único Programa de Pós-graduação stricto sensu em Filosofia fora de uma capital no Norte e Nordeste do país, o que potencializa a formação de professores e pesquisadores de excelência na região em que se encontra. Nosso corpo docente, embora jovem e em formação, não tem medido esforços para garantir uma produção intelectual de alto nível associada a projetos de pesquisa – alguns dos quais premiados por instituições estrangeiras, como a John Templeton Foudation –, Grupos de Pesquisa, Grupos de Estudo, Bolsas de Iniciação Científica, Bolsas de Produtividade, Programas Institucionais de Iniciação Científica, Iniciação à Docência e Residência Pedagógica, sem mencionar a organização e realização de eventos e a manutenção de parcerias de pesquisa nacionais e internacionais, que repercutem diretamente na contribuição que a Universidade oferece igualmente ao público que lhe é externo.

Por fim, é importante ressaltar que a reflexão filosófica não tem solo e que filosofar no semiárido é indispensável, no sentido de que se trata de corresponder a uma expectativa de formação humana que não tem endereço.


Coordenações de graduação e pós-graduação em Filosofia 
da Universidade Estadual do Vale do Acaraú

Tags: NOTAS

FaLang translation system by Faboba