Universidade Federal de Pernambuco
coloquioesteticaufpe@gmail.com

A arte é perigosa ou inócua? Ainda faz sentido falar em beleza na arte? Qual o papel da arte, se é que existe algum? Tais questões orientam a reflexão filosófica desde que Platão discute o lugar da arte na polis e propõe distinções entre arte e verdade, arte e objeto, poesia e filosofia. Já na modernidade, novos limites são postos com o sentido kantiano de experiência estética e desinteresse do juízo estético, a autonomização da arte preconizada pelo romantismo, e a controversa tese do fim da arte em Hegel. No século XX, tendo como um dos desdobramentos a provocação sobre o próprio alcance da filosofia na reflexão sobre a arte, filósofos como Theodor Adorno, Arthur Danto e Jacques Rancière voltam a discutir temas como o conteúdo conceitual da arte, a tensão entre estética e conceito, e o lugar da arte no espaço público - problematizando, com diferentes nuances, aspectos fronteiriços da estética e ampliando a reflexão sobre a dimensão estética para além da arte.

As fronteiras da estética é o tema deste Colóquio de Estética da UFPE, que busca um diálogo entre pesquisas realizadas na filosofia e estudos sobre arte e estética conduzidos em outras áreas do conhecimento, como sociologia, letras, artes visuais, comunicação e museologia. O colóquio, que acontecerá nos dias 01 e 02 de dezembro no Auditório da Pós-Graduação em Filosofia, pretende abordar, de modo provocativo, questões tensas dentro das possíveis reflexões sobre estética, como as relações entre arte e política, estética e conceito, estética e racionalidade, experiência estética, indústria cultural, entre outros.

Encontra-se aberta até o dia 9 de outubro a chamada para submissão de propostas de comunicações que versem sobre temas fronteiriços da estética, tanto em uma abordagem filosófica e da história da filosofia como em perspectiva interdisciplinar. Tópicos podem abordar p. ex. a relação entre estética e temas como:
- racionalidade
- conceito
- história e pós-história
- política
- psicanálise
- tecnologia
- espaço público
- perspectivas pós-coloniais

Palestrantes

Alexandro de Jesus (Museologia - UFPE)
Arthur Grupillo (Filosofia - UFS)
Cynthia Hamlin (Sociologia - UFPE)
Eduardo Cesar Maia (Comunicação - UFPE)
Filipe Campello (Filosofia - UFPE)
Giorgia Cecchinato (Filosofia - UFMG)
Moacir dos Anjos (Fundaj)
Nina Velasco (Comunicação - UFPE)
Paulo Marcondes (Sociologia - UFPE)
Ulisses Vaccari (Filosofia - UFSC)


01 Dez 2016 > Ocorrido há 1274 dias
01 Dez 2016 - 02 Dez 2016
Recife

Colóquio de Estética da UFPE
Prof. Dr. Filipe Campello / Bárbara Buril (Mestrado - UFPE)

Núcleo de Estudos em Filosofia Política e Ética (NEFIPE) da UFPE


FaLang translation system by Faboba