150 anos de O capital, 100 anos das Insurreições Russas e 50 anos de A sociedade do Estáculo
II Colóquio Teoria Crítica e II Encontro Marx & Debord
Universidade Estadual do Ceará e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
ctcritica@gamail.com

No ano de 2017 temos a passagem dos 150 anos de publicação de O capital, obra magna de Karl Marx, um dos autores mais influentes do século XX. Por maior ou menor reverberação desse evento, temos, nesse mesmo ano, a passagem do centenário da Revolução Russa e das Insurreições daquele país. Também é marcante os 50 anos de publicação do livro A sociedade do espetáculo, obra de enorme repercussão nos eventos de maio de 1968, na França. 
A soma desses eventos tão importantes para a construção do nosso atual contexto histórico e social nos impõe, renovadamente, uma reflexão sobre eles. Mesmo após a queda da cortina de ferro e o estabelecimento hegemônico das democracias burguesas, ainda resta espaço para se discutir esses acontecimentos, poderíamos nos perguntar. A resposta para tal pergunta já se deixa verificar pelo conjunto dos acontecimentos mais recentes da política brasileira.
Desde junho de 2013 até o presente, muitos acontecimentos nos colocam, renovadamente, diante dos mesmos paradigmas que fundam os eventos que propomos discutir. Desde o grito por autonomia das ruas, em 2013, passando pelas mobilizações pró e contra o impedimento da presidenta Dilma, até o enorme movimento macarthista que se particulariza em projetos como Escola sem partido e seus correlatos, enfim, o que mais se discute, sem sombra de dúvidas, é a validade do que se impregna do texto de O capital, nas Insurreições Russas e no escrito de Debord. 
Não há como furtar-nos, portanto, de, novamente, falar sobre esses temas. Não se trata de uma ideia fixa, mas de uma fenômeno histórico que se repete e, por isso, nos exige reflexão.

Comitê Cinetífico:

Prof. Dr. Christian G. Iber, Freie Universität Berlin, Alemanha;

Prof. Dr. Eduardo Soares Neves Silva, UFMG, Brasil

Prof. Dr. Fábio Maia Sobral, UFC, Brasil.

Prof. Dr. Hans-Georg Flickinger, UniKassel, Alemanha.

Prof. Dr. João Emiliano Fortaleza de Aquino, UECE, Brasil.

Prof. Dr. Jorge Luís da Silva Grespan, USP, Brasil.

Prof. Dr. Paulo Eduardo Arantes, USP, CNPq, Brasil.


06 Nov 2017 > Ocorrido há 746 dias
06 Nov 2017 - 07 Nov 2017 - 08 Nov 2017 - 09 Nov 2017 - 10 Nov 2017
20 Out 2017
06 Nov 2017

Palestrantes convidados:

Prof. Dr. Antonio Vieira da Silva Filho, UNILAB, Brasil.

Prof. Dr. Fábio Maia Sobral, UFC, Brasil.

Prof. LD. Francisco Auto Filho, UECE, Brasil.

Prof. Dr. Francisco José Soares Teixeira, URCA, Brasil.

Prof. Dr. Giovanni Queiroz, UFPB, Brasil.

Prafa. Dra. Ilana Viana do Amaral, UECE, Brasil.

Prof. Dr. João Emiliano Fortaleza de Aquino, UECE, Brasil.

Prof. Dr. Pablo Alexandre Gobira de Souza-Ricardo, UEMG, Brasil.

Prof. Dr. Paulo Eduardo Arantes, USP, CNPq, Brasil.

Profa. Dra. Rita de Cássia Lucena Velloso, UFMG, Brasil.


Av. Luciano Carneiro, 345 - Fátima - Fortaleza - Ceará

II Colóquio Teoria Crítica
Francisco Luciano Teixeira Filho

FaLang translation system by Faboba