UNILA, Universidade Federal da Integração Latino-americana
cfilosofialatinoamericana@gmail.com

A cátedra de Problemática da Filosofia Latino-Americana, o grupo de Pensamento Crítico Latino-Americano do curso de Filosofia da UNILA, RASANBLEMAN (Coletivo de Estudos Culturais Haitiano) da Universidade Federal de Integração Latino-Americana, junto a outros cursos do ILAESP, Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política, informam a organização do seu “1° Congresso Internacional de estudos de Atualização continental sobre a República do Haití” que será realizado no Jardim Universitário UNILA, na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil, nos dias 15, 16 e 17 de agosto de 2018.

Os Estudos Haitianos merecem atenção especial em esta atual conjuntura, dada essa nova investida de forças conservadoras, a Revolução Haitiana serve de ilustração a todos os povos colonizados do Terceiro Mundo. Impulsionados pelo espírito de liberdade e necessidade, os africanos escravizados da Ilha de Saint Domingue, se rebelaram contra as maiores potências europeias imperiais de então, buscaram se auto-organizar nas montanhas de Bahoruco e assim ressurgir espiritualmente, em termos econômicos, políticos eculturais. O trabalho vivo negro dançante que desembocará na Revolução Haitiana tem aí sua germinação. “Viver Livre ou Morrer” era o lema da Revolução. Teremos que investigar as diferentes dimensões da cultura haitiana e sua ligação com outras regiões e movimento socias da América, bem como com suas raízes na África.

A arremetida neoliberal nos últimos anos intenta frear qualquer projeto de integração, autonomia e soberania na América Latina, impulsionando o desmonte das iniciativas econômicas, políticas e culturais projetadas à libertação dos povos por meio de golpes de Estados justificados pelo discurso jurídico e por outras estratégias teóricas e práticas de desestabilização. Tal arremetida necessariamente busca fechar as portas às possibilidades criativas do pensamento e da cultura latino-americana. Nesse contexto, a República do Haiti foi especialmente atacada por instrumentos imperiais-neocoloniais internos, como a Minustah e, mais recentemente o Minusjusth. Esso compromete evidentemente o projeto de integração haitiano alicerçado na libertação dos povos, das classes e dos grupos historicamente oprimidos.

O Congresso está aberto a professores e estudantes universitários, pesquisadores, ativistas, militantes de movimentos sociais e coletivos.


15 Ago 2018 > Ocorrido há 398 dias
15 Ago 2018 - 18 Ago 2018
01 Jun 2018

Palestrantes convidados:

Dr. Enrique Dussel
Dra. Rita Segato
Dr. Laënnec Hurbon
Angel Strapazzon (Mocase VC)
Dra. Silvia Audobe
Dr. Glodel Mezilas
Otr@s investigador@s convidad@s a confirmar

 


UNILA


Carlos Francisco Bauer - UNILA

Envio de Trabalhos
Os participantes têm até 1 de Junho de 2018 para enviar os resumos que serão avaliados pelos responsáveis pelas tabelas temáticas (ver site), eles devem ser enviados para os endereços de e-mail que aparecem em cada eixo temático. O comitê organizador do congresso divulgará os resultados da seleção até 20 de Junho de 2018 para responder em caso de resumo aceitos. Para qualquer dúvida ou mais informação, contate: cfilosofialatinoamericana@gmail.com

Cronograma previsto:
Chamada para resumos, Até1 de abril
Segunda Chamada, 1 de Junho
Divulgação dos trabalhos selecionados, 20 de Junho
Trabalhos para publicação digital, Até 15 dias depois do congresso

Formato dos resumos:
Word, fonte TIMES NEW ROMAN ou ARIAL, tamanho 12, espaço simples, justificado. A quantidade mínima de palavras é de 200 e máxima de 250. O título do trabalho, o nome e sobrenome do participante, bem como da instituição a que representa devem ser escritos em caixa alta. O resumo deve conter ao menos três palavras-chave. (Normas: ABNT, APA).

Formato dos trabalhos completos:
Word, fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 12, espaço simples, justificado. A quantidade máxima de folias é entre 12 e 20. O título do trabalho, o nome e sobrenome do participante, instituição a que representa devem ser escritos em caixa alta. O resumo deve conter ao menos três palavras-chave. (Normas: ABNT, APA)


FaLang translation system by Faboba