Hegel hoje
III Congresso "Hegel em diálogo": "O próprio tempo apreendido em pensamento"
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - UFRN
hegelnatal2018@gmail.com

A relevância do pensamento hegeliano para o debate filosófico contemporâneo tem sido recentemente reconhecida em vários contextos do debate filosófico. Com efeito, nos últimos 30 anos temos assistido a uma Hegel-Renaissance em diferentes âmbitos da filosofia.
O pensamento de Hegel tem sido uma fonte de inspiração primária do projeto inferencialista de Robert Brandom (cf. 2002, 2015,no prelo) assim como do conceitualismo epistemológico de John McDowell (cf. 1996, 2003, 2009); além disso, no âmbito da teoria da verdade, Graham Priest (1989-90, 2006) e os dialetheistas têm recuperado as ideias hegelianas sobre a possibilidade de contradições verdadeiras. Também, no âmbito da filosofia da ciência, a versão hegeliana de essencialismo tem sido trazida no debate como contendo argumentos relevantes para a defesa desta posição acerca das distinções entre gêneros e espécies naturais (cfr. Knappik 2016, no prelo).
Ao mesmo tempo, a filosofia de Hegel continua sendo uma referência ineludível para autores no centro do debate na área da filosofia prática como Habermas (1985), Honneth (1992, 2001, 2011), Badiou (1988) e na área das interseções entre filosofia política e filosofia da psicanálise, como Zizek (1988, 2012).
Last but not least, as teses hegelianas continuam a exercer uma grande influência nos debates sobre estética – veja-se, entre outros, Danto (1997, 1998) e Rancière (2010, 2011).

O objetivo geral do evento é mostrar a relevância do pensamento hegeliano para debates contemporâneos em diferentes áreas da filosofia, tais como a metafísica, a semântica, a epistemologia, a filosofia prática e política, a estética.
Mais especificamente, o evento se propõe a explorar as interfaces existentes entre o debate filosófico contemporâneo e o pensamento de Hegel, bem como a indicar novos caminhos que mostram, fora de qualquer lógica apologética, a relevância da filosofia hegeliana para pensarmos criticamente o nosso tempo.
Isto acontecerá, por um lado, com o intúito de averiguar em que medida debates filosóficos contemporâneos ainda são herdeiros do pensamento hegeliano, e de avaliar tal herança de forma crítica; por outro lado, será explorada a ideia de que filosofia de Hegel é ainda capaz de fornecer ferramentas conceituais úteis para a discussão de problemas filosóficos atuais, problemas que podem até ser completamente externos ao pensamento hegeliano.


29 Ago 2018 > Ocorrido há 449 dias
29 Ago 2018 - 30 Ago 2018 - 31 Ago 2018
20 Jun 2018 - 20 Jul 2018
24 Ago 2018
Looking for title...
FaLang translation system by Faboba