Nono Colóquio Filosofia e Quadrinhos
UFRJ
funkstroke@yahoo.com

Podemos pensar os quadrinhos como um corpo que reflete acontecimentos singulares articulados, uma concrescência de seus elementos internos, traços, texto, leitor, autor, pensamentos decorrentes e ambientes que acompanham a leitura. A mistura e a interpenetração - enfatizadas no Nono Colóquio Filosofia e Quadrinhos - ganham um caráter próprio na grande colcha de retalhos da página de quadrinhos, mesmo quando esta se expande para além de seu entorno.


28 Nov 2019 > Ocorrido há 54 dias
28 Nov 2019

14:00
Aspectos conceituais da obra deuses americanos de Neil Gaiman – Marcelle Belfort
15:00
Perceptos e Afectos nos Quadrinhos – Rebeca dos Santos
16:00
Promethea – Susana de Castro
16:30
Percepto, cidade e quadrinhos – Fabio Mourilhe
17:00
Os primeiros sons do futuro: notas sobre espectralidade e tecnologia na música pop – Rafael Haddock Lobo
18:00
Cultura afro-brasileira na escola: a utilização dos quadrinhos na aplicação as Lei 10.639/03 – Nobu Chinen
19:00
Racismo ilustrado: exemplos de como o preconceito e a discriminação são tratados nos quadrinhos – Nobu Chinen
20:00
Poema Processo e quadrinhos – Fernando Gerheim


IFCS UFRJ Lgo de Sâo Francisco sn Rio de Janeiro RJ Sala Celso Lemos
9 Colóquio Filosofia e Quadrinhos

UFRJ

Antígona


FaLang translation system by Faboba