Anpof assina carta aberta da SBPC em defesa do CNPq

30/07/2021 • Notas e Comunicados

Em carta aberta divulgada na última quarta-feira, 28/7, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência manifesta “consternação e preocupação” com fragilidade da infraestrutura do CNPq. “A SBPC solicita ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) que (…)

Ao que responde o líder fascista? Uma pesquisa de Th. Adorno

Maurício Vieira Martins

Professor da UFF

30/07/2021 • Coluna ANPOF

Cresce no espaço público o debate sobre as razões que levam ao surgimento no mundo contemporâneo de lideranças com características regressivas muito evidentes. E que não se diga que trata-se de um fenômeno apenas brasileiro: ­­com diferenças nacionais sem dúvida marcantes, tamb&e (…)

Nota da ANARCHAI - PPG-FIL UnB pelo falecimento da Prof. Dra. Fran Demétrio

30/07/2021 • Notas e Comunicados

Em 2018, nós do Anarchai tivemos a felicidade de compartilhar afetos e saberes com Fran Demétrio. Professora adjunta da UFRB, transfeminista e coordenadora do (co)Laboratório Humano de Estudos, Pesquisa e Extensão Transdisciplinares em Integralidade e Interseccionalidade do Cuidado em Saúde e Nutrição, G&e (…)

A falácia da distorção da realidade na CPI da Pandemia

Matheus Oliva da Costa

Pós-doutorando em Filosofia (USP)

28/07/2021 • Coluna ANPOF

Assistimos neste ano de 2021 a uma Comissão Parlamentar de Inquérito, a CPI da Pandemia[1], criada para investigar de quem é a responsabilidade pela ineficiência governamental brasileira para lidar com a tragédia de mais de meio milhão de mortos pela pandemia de COVID-19. A ideia de verificar as causas desse probl (…)

Diretoria da Anpof lamenta o falecimento do prof. Dr. José Arhur Gianotti

28/07/2021 • Notas e Comunicados

É com grande consternação que a diretoria da ANPOF escreve essa nota para lamentar o falecimento do Prof. Dr. José Arthur Giannotti, professor emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP e um dos fundadores da filosofia brasileira acadêmica e profissional. Gianotti faleceu na ú (…)

Nota da FFLCH USP pelo falecimento do Prof. Dr. José Arthur Gianotti

27/07/2021 • Notas e Comunicados

Luto Oficial de 3 dias Com imensa tristeza, o Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo comunica que, nesta terça-feira, 27 de julho de 2021, faleceu o professor e filósofo José Arthur Giannotti, Professor Emérito da Universidade de São Paulo e nosso mestre, colega e amigo: É muito dif&iac (…)

As doze máscaras dos negacionistas

Léo Peruzzo Júnior

Professor do Programa de Pós-Graduação em Filosofia - PUCPR. Pós-Doutor em Filosofia pela Università Ca´ Foscari, Veneza.

27/07/2021 • Clipping

Poderia alguém posicionar-se sobre aquilo que desconhece? Sim. Esta é a resposta simples, óbvia e infeliz dos negacionistas. Segundo eles, pouco importam os argumentos e evidências disponíveis para a avaliação crítica de um tema. O seu jogo consiste, como obser (…)

Nota de pesar da Diretoria da Anpof pelo falecimento do Prof. Roberto Romano

23/07/2021 • Notas e Comunicados

Roberto Romano da Silva, professor aposentado do Departamento de Filosofia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp, faleceu nesta quinta-feira (22/7) aos 75 anos, vítima de Covid-19. A diretoria da Anpof registra suas condolências e sentimentos, aos familiares e amigos, pelo falecimento do professor Roberto, sem (…)

Ciência, negacionismo e pós-verdade

Wendel de Holanda P. Campello

Doutor em Filosofia (UFMG)

21/07/2021 • Coluna ANPOF

O problema destas discussões na web, que travam uma verdadeira cruzada contra o negacionismo científico, é que entre aqueles que retroalimentam crenças anticientíficas, nem sempre parece estar tão claro e inteiramente em jogo destituir a ciência do papel que ocupa em nossa sociedade. Grupos negacionistas fr (…)

O direito de matar

Jelson Oliveira

Professor do Programa de Pos-Graduação em Filosofia da PUCPR

19/07/2021 • Coluna ANPOF

Quando viajou pela América do Sul, incluindo o Brasil, em 1949, Albert Camus apresentou uma conferência cujo título é ao mesmo tempo dramático e contundente: O tempo dos assassinos. Considerado como uma espécie de trabalho preparatório do que seria, posteriormente, o agora sexagenário  (…)